São Paulo terá ação para reforçar segurança no litoral


Operação Verão contará 3.108 agentes de segurança pública para policiamento, com Corpo de Bombeiros e polícias Civil e Militar

O Governo de São Paulo lançou na 2ª feira (18.dez.2023) uma ação que visa a reforçar a segurança nos 16 municípios do litoral norte e sul do Estado. A Operação Verão contará com 3.108 agentes de segurança pública para realizar as atividades de policiamento e proteção à população.

Além do efetivo designado, o governo também abriu 12.087 vagas de diárias especiais por jornada extraordinária de trabalho para as polícias Civil e Militar. A operação tem como objetivo levar mais segurança a moradores e visitantes das regiões.

A 1ª etapa do programa iniciou em 18 de dezembro e segue até 5 de fevereiro de 2024. Já a 2ª fase será de 6 de fevereiro a 23 de fevereiro.

As equipes da PM irão contar com 377 viaturas de reforço, 3 aeronaves, embarcações e drones. O efetivo empregado pela corporação será de 814 soldados, sendo que 651 ficarão no litoral sul e 163 farão a segurança do litoral norte.

Corpo de Bombeiros

Militares do Corpo de Bombeiros do Estado também integram a operação para intensificar a prevenção de afogamentos, além de desempenhar atividades de busca e salvamento e resgate de embarcações em situação de risco.

Serão empenhados 821 bombeiros, sendo 794 guarda-vidas por tempo determinado e temporário. A corporação contará com 137 viaturas. São cobertas nas atividades as represas Billings (São Bernardo do Campo) e Guarapiranga (Capital).

Polícia Civil e Técnico-Científica

As delegacias contarão com o efetivo total, já que serão suspensas férias e licenças dos policiais civis durante a Operação Verão. O litoral sul contará com 1.206 agentes e, o norte, com 308.

Os institutos de Criminalística e Médico Legal organizarão escalas com o efetivo que atua nas regiões. Segundo o governo, se for necessário, as férias desses funcionários públicos também serão suspensas.

Os policiais atuarão junto ao efetivo nas delegacias, no trabalho de investigação e no atendimento à população. Eles serão contratados por meio da Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial.


Com informações do Governo de São Paulo.





Source link

Leave a Comment