7 motivos para comprar ou não o Moto G84


Por que comprar o Moto G84? E por que não comprar o celular da Motorola? O smartphone possui pontos fortes e desvantagens comparado a concorrentes — como é normal com todo produto. O Canaltech aponta 4 vantagens e 3 pontos fracos do aparelho para ajudar você a escolher o melhor celular para o seu cotidiano.

4 motivos para comprar o Moto G84

O Moto G84 é um intermediário bastante competente, e tem alguns pontos fortes que podem valer a pena considerar na hora da compra. Eu cito quatro a seguir, com os quais você não precisa concordar 100%.

Continua após a publicidade

1. Boas câmeras

O conjunto de câmeras do Moto G84 é bastante competente. O sensor principal, de 50 MP, tem uma tecnologia Ultra Pixel e entrega fotos de 12 MP. São de boa qualidade em diferentes cenários de iluminação, com cores vivas e boa definição. A faixa dinâmica também é boa, mas já apresenta algumas falhas.

O mesmo vale para a câmera ultrawide no quesito HDR. A câmera secundária ainda apresenta um pouco de distorção nos cantos. Mas também possui uma boa nitidez e nível de texturas, além de cores um pouco menos vivas. No geral, são boas fotos, também.

Continua após a publicidade

As selfies são satisfatórias, mas suavizam o rosto. Isso pode desagradar alguns usuários que não gostam de parecer “embonecados”, mas não incomoda a todos. O modo noturno, por outro lado, é um ponto forte no Moto G84, com boa correção na nitidez das fotos com pouca luz. O único ponto realmente fraco é a gravação de vídeos, limitada ao Full HD.

2. Tela OLED

A Motorola demorou para adotar tela OLED na linha Moto G, e ainda varia entre gerações com IPS LCD e o painel com tecnologia mais avançada. O Moto G84 possui uma tela pOLED, que é muito parecida com o que você vê em celulares topo de linha, mas com algumas características que oferecem melhor custo-benefício.

Continua após a publicidade

Apesar da ausência de compatibilidade HDR10, o aparelho possui taxa de atualização de 120 Hz e alcança pico de brilho de 1.300 nits. Ou seja, é excelente para usar em dias ensolarados, portanto bom para quem precisa do celular em locais externos. Além disso, a resolução Full HD garante boa nitidez.

3. Bons recursos de software e segurança

Um dos pontos mais elogiados por quem gosta da Motorola é o software com poucas alterações. Uma interface mais simples e intuitiva que as de outras fabricantes, apesar de a empresa ter começado a incluir recursos próprios nos últimos anos.

Mas isso também pode ser bom. Há muitos recursos de segurança via Moto Secure que são benéficos. Alguns são nativos do Android, enquanto outros são exclusivos do Moto G84 e celulares da marca. Entre ambos, cito a pasta segura, detector de phishing e layout de PIN embaralhado para o desbloqueio.

Continua após a publicidade

O Moto Connect é um diferencial entre intermediários. Ou seja, o Moto G84 pode ser conectado — sem fios — a uma tela grande e usado como computador ou central multimídia. É um recurso que a Motorola já oferecia em modelos topo de linha, além do Moto G100 e Moto G200.

4. Design diferenciado

Este ponto vale para quem gosta de estar por dentro das maiores tendências. O Moto G84 tem a cor Pantone do ano entre suas opções, a Viva Magenta. Esta opção é vendida com acabamento traseiro em material que imita couro. Um diferencial para celulares de plástico liso na mesma faixa de preço.

Continua após a publicidade

3 motivos para não comprar o Moto G84

Apesar de ser um ótimo celular, há algumas questões em que o Moto G84 deixa a desejar. São pontos que, em comparação com concorrentes, smartphone fica um pouco abaixo. Se é uma desvantagem suficiente para você escolher outro, fica a seu critério.

1. Desempenho

A Motorola costumava ser referência em desempenho, mas isso mudou nos últimos anos. O Moto G84 tem um processador que fica abaixo do Galaxy A54, talvez seu maior concorrente. E também perde para o Poco X5, outro concorrente direto.

Continua após a publicidade

Isso se deve ao Snapdragon 695, chip de 2021 da Qualcomm, que já não é o mais indicado para intermediários de ponta. Ainda assim, o aparelho da Motorola consegue ir melhor que outros com a mesma plataforma, o que é um alento, no fim das contas.

2. Bateria

Com capacidade de 5.000 mAh, a bateria do Moto G84 decepciona um pouco. O aparelho apresentou consumo maior em 6 horas de teste do Canaltech do que o Galaxy A54 e o Poco X5. Ok, ele quase empatou com o primeiro, e não ficou tão atrás assim do segundo. Mas ainda é um ponto de desvantagem contra concorrentes.

Continua após a publicidade

3. Poucas atualizações de software

E temos o grande calcanhar de Aquiles da Motorola: as atualizações de sistema. A empresa ainda consegue manter uma agenda razoável de updates de segurança, ao menos no primeiro ano após o lançamento.

O Moto G84 tem promessa de receber apenas uma nova versão do Android. Mas serão três anos de pacotes de segurança. A questão é ver a frequência, que pode começar mensal e terminar com trimestral.

Continua após a publicidade



Source link

Leave a Comment